Ensino FundamentalTEXTOS PARA INTERPRETAÇÃO

TEXTO PARA INTERPRETAÇÃO 41 – Ser filho é padecer no purgatório (Nível Fundamental)

By 20 de abril de 2013 No Comments

Texto para interpretação 41 – Nível Fundamental

SER FILHO É PADECER NO PURGATÓRIO

( NOVAES, Carlos Eduardo. Juvenal Ouriço repórter. Rio de Janeiro,

Editora Nórdica, 1977

 – Pssiu, psssiu!

 – Eu? – virou-se Juvenal, apontando o próprio peito.

 – É. O senhor mesmo. – confirmou o comerciante à porta da loja. Venha cá por favor.

Juvenal aproximou-se. O comerciante inclinou-se sobre ele e, como que lhe segredasse algo, perguntou:

– O senhor tem mãe?

– Tenho.

– Gosta dela?

– Gosto.

– Então é com o senhor mesmo que eu quero falar. Vamos entrar. Tenho aqui um presente especial para sua mãe.

– Tem mesmo? Mas por que o senhor não entrega a ela pessoalmente?

– Porque ela é sua mãe, não é minha. O senhor é que deve entregar o presente.

– Está bem. Então o senhor me dá que eu dou pra ela.

– Dar, não. – corrigiu o comerciante. – Infelizmente, não estamos em condições. As vendas só subiram 75%. Vou ter que lhe vender o presente.

– Mas eu não estava pensando em comprar um presente agora para minha mãe. O aniversário dela é em novembro.

– Não é pelo aniversário. É pelo dia das mães.

– Dias das mães? – repetiu Juvenal, sempre desligado. – Mães de quem?

– Mães de todos. É depois de amanhã, domingo.

– É mesmo? E quem disse isso?

– Bem…

– Está na Bíblia?

– Não. Ele foi criado por nós, comerciantes, para permitir que vocês manifestem seu amor e carinho por suas mães.

– Puxa, vocês são tão legais. Eu não sabia que os comerciantes gostavam tanto da mãe da gente.

– Pois acredite. E olhe, vou lhe contar um segredo: nós gostamos mais da mãe de vocês do que da nossa.

– É mesmo? E por que assim?

– Porque a nossa não deixa lucro. Pelo contrário. Todo ano, no dia das mães, sou obrigado a desfalcar a loja para presenteá-la.

____________________________________________________________

Lido o texto, responda às questões a seguir, assinalando a única opção correta: –

1. O comerciante perguntou se Juvenal gostava de sua mãe porque queria:

a. (   ) deixá-lo emocionado.           b. (   ) expor seus sentimentos

c. (   ) vender-lhe um presente.       d. (   ) saber se ele era um bom filho

2. Com esse texto, o autor pretendeu demonstrar que:

a. (   ) merece purgatório quem esquecer o Dias das Mães.

b. (   ) o comércio se importa apenas com o lucro das vendas.

c. (   ) o amor filial se torna mais evidente no Dias das Mães.

d. (   ) um único dia no ano é pouco para homenagear as mães.

3. Em que dia da semana o comerciante conversou com Juvenal?

a. (   ) segunda-feira           b. (   ) domingo              c. (   ) sexta-feira                d. (   ) quarta-feira

4. Em: “… sou obrigado a desfalcar a loja…”, a palavra em    destaque pode ser substituída por:

a. (   ) diminuir      b. (   ) desperdiçar      c. (   ) furtar

Responda com suas palavras, mas de acordo com a ideia do texto:

5. Por que Juvenal pareceu surpreso quando o comerciante se referiu ao Dias das Mães? _________________________________________________

6. Pelo que se lê no texto, Juvenal costumava presentear sua mãe? Justifique sua resposta. __________________________________________

7. O comerciante afirma que gosta mais das mães dos outros que da sua. Por quê? ______________________________________________________

8. No trecho abaixo, as palavras em negrito podem ter sido empregadas de maneira imprópria. Corrija o emprego, trocando-as para o lugar certo:

Quando tentei confirmar meu amor pela Ingrácia, ela não me segredou que falasse e até demonstrou no meu ouvido que aquele momento era impróprio. Eu ainda tentei permitir, dizendo que todo momento era próprio, mas ela manifestou o que dissera e corrigiu certo desagrado pela minha insistência.

Quando tentei _________ meu amor pela Ingrácia, ela não me _______ que falasse e até ____________ no meu ouvido que aquele momento era impróprio. Eu ainda tentei ____________ dizendo que todo momento era próprio, mas ela __________ o que dissera e ____________certo desagrado pela minha insistência.

____________________________________________________________

GABARITO

1. (c)     2. (b)     3. (c)     4. (a)           5. Porque Juvenal era desligado.

6. O texto deixa supor que ele só a presenteava no dia de seu aniversário.

7. Porque, segundo o comerciante, as mães dos outros dão lucro para a loja e a dele dá prejuízo.

8. Quando tentei manifestar  meu amor por Ingrácia, ela não me permitiu que falasse e até segredou no meu ouvido que aquele momento era impróprio. Eu ainda tentei corrigir dizendo que todo momento era próprio, mas ela confirmou o que dissera e demonstrou certo desagrado pela minha insistência.