Ensino FundamentalTEXTOS PARA INTERPRETAÇÃO

TEXTO PARA INTERPRETAÇÃO 91 – O BARBEIRO (nível Fundamental)

By 15 de setembro de 2015 3 Comments

TEXTO PARA INTERPRETAÇÃO 91 – O BARBEIRO   (Nível Fundamental)

 O BARBEIRO

         Perto de casa havia um barbeiro que me conhecia de vista, amava a rabeca e não tocava inteiramente mal. Na ocasião em que ia passando, executava não sei que peça. Parei na calçada a ouvi-lo (tudo são pretextos a um coração agoniado), ele viu-me e continuou a tocar. Não atendeu a um freguês, e logo a outro que ali foram, a despeito da hora e de ser domingo, confiar-lhes as caras à navalha. Perdeu-os sem perder uma nota; ia tocando para mim. Esta consideração fez-me chegar francamente à porta da loja, voltado para ele. Ao fundo, levantando a cortina de chita que fechava o interior da casa, vi apontar uma moça trigueira, vestido claro, flor no cabelo. Era a mulher dele; creio que me descobriu de dentro e veio agradecer-me com a presença o favor que eu fazia ao marido. Se não me engano, chegou a dizê-lo com os olhos. Quanto ao marido, tocava agora com mais calor; sem ver a mulher, sem ver fregueses, grudava a face no instrumento, passava a alma ao arco, e tocava, tocava…

(Machado de Assis, Dom Casmurro, fragmento do capítulo 127)

  1. Por que o barbeiro não atendeu aos fregueses?
  1. O narrador parou na calçada. Aparentemente o motivo foi a música. O texto, no entanto, nos revela a verdadeira causa de sua atitude. Qual foi?
  1. Explique a expressão: “Perdeu-os sem perder uma nota.”

____________________________________________________________________

Gabarito:

  1. O barbeiro animou-se com o fato de se sentir ouvido e se entregou totalmente àquilo que gostava de fazer, que era tocar; desta forma não atendeu aos fregueses, preferindo deliciar-se com a arte que amava.
  1. O narrador parou na calçada com o intuito de ouvir o barbeiro porque a música tocada o acalmava (estava com o coração agoniado).
  1. A expressão significa que o barbeiro preferiu a música à freguesia. É de se notar, porém, o jogo de palavras: perdeu os fregueses, que lhe pagariam o serviço, sem perder a nota da música. O duplo significado que pode adquirir o vocábulo nota (nota musical e nota=dinheiro), dentro da frase nos leva a entender que, para o homem, a música era muitíssimo mais importante do que o dinheiro, naquele momento.

 

3 Comments

Leave a Reply